Buscar
  • Luzi Telles - Diretora

Seu filho come bem?

A saga da alimentação infantil




Muitos pais têm a sensação de que seus filhos não estão comendo tão bem quanto deveriam.


Temos no mercado tantas opções de comida industrializada e fast food que hoje tornou-se nosso dever ensinar às crianças a importância da alimentação saudável.


De acordo com dados do Ministério da Saúde temos no Brasil 13,2 % das crianças entre 5 e 9 anos com obesidade, isto pode trazer consequências preocupantes ao longo da vida.


A alimentação escolar auxilia no desenvolvimento dos hábitos alimentares das crianças e estas a sua vez, podem se tornar multiplicadoras em suas casas, de modo de incentivar a seus pais a consumirem alimentos diferentes dos usuais.


Cada criança tem seu tempo de adaptação e é nosso dever respeitá-las.


Um dos métodos que a equipe da La Merienda, responsável pela a alimentação na Escola Projeto / Lápis de Cor, consiste em sentar um amigo que come muito bem ao lado de outro que é mais reticente a experimentar coisas novas; isso faz que desencadeie uma curiosidade e a confiança ao ver que esse novo alimento não é um bicho de sete cabeças e sim algo que pode ser muito gostoso!


Elogiar sempre de maneira entusiasta qualquer mudança positiva no hábito alimentar, enaltecendo aos bons hábitos é muito mais efetivo que as críticas as más condutas.


Algumas dicas para estimular os pequenos a experimentarem coisas novas ou diferentes em casa podem ser:

  • Deixe frutas e verduras sempre a vista dos olhos e alcance das crianças.

  • Permita que as crianças participem da preparação dos alimentos (mãos na massa!)

  • Compartilhe refeições em família com mais frutas e verduras e menos fast food.

  • Tenha “Paciência” não desista na primeira tentativa!

  • Dê o EXEMPLO!

Sabemos que nosso dia a dia é muito corrido e geralmente os pais não têm tempo de fazer um lanche saudável e gostoso para seus filhos, fazendo-os a optarem por comprar lanches industrializados!


Mas, você sabe qual o prejuízo disso?


AÇUCAR EM EXCESSO, GORDURA EM EXCESSO, GORDURAS SATURADAS, GORDURAS TRANS etc.


Todos esses componentes trazem problemas cardiovasculares e colesterol “ruim”.


Então, não é melhor conservar a saúde de nossos pequenos tanto em casa como no âmbito escolar?


Fica a dica!




138 visualizações0 comentário

Faça parte da nossa lista de emails

Nunca perca uma atualização